Acesse sua Conta

Tema do Dia Internacional das Cooperativas 2020: Cooperativas para a Ação Climática

Dia Internacional das Cooperativas 2020 - 600x300

Cooperativas podem ajudar a desenvolver uma economia de inclusão social e proteção dos recursos naturais

O tema do Dia Internacional das Cooperativas 2020 é “Cooperativas para a Ação Climática”. O objetivo é propor à comunidade cooperativa global que faça pressão por ações que busquem soluções para as mudanças climáticas. Essa situação crítica está colocando em risco vidas e meios de subsistência, interrompendo ecossistemas vitais para as pessoas e o planeta. Desde o ano de 2016, os temas escolhidos fazem referência aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Este ano foi selecionado o objetivo 13: Ação Contra a Mudança Global do Clima.

“Nossa casa comum está em perigo. Existem métodos de produção e consumo que estão constantemente atacando o meio ambiente. Não temos muito tempo para reverter essa situação. Precisamos agir agora, com nossos valores e princípios, para demonstrar em escala global que é possível desenvolver uma economia com inclusão social e proteção dos recursos naturais”, afirmou Ariel Guarco, presidente da Aliança Cooperativa Internacional.

“Em 4 de julho de 2020, junte-se a nós para aumentar a conscientização sobre a importância de lidar com as mudanças climáticas. Nenhum país está imune a isso, as emissões de gases de efeito estufa são mais de 50% maiores do que em 1990, e o aquecimento global está causando mudanças duradouras em nosso sistema climático, que ameaçam ter consequências irreversíveis se não agirmos”, completou Guarco.

As cooperativas de todo o mundo podem aproveitar esta oportunidade para mostrar liderança e compartilhar seus valores de cooperação no combate a esse problema global. Em breve, um Guia de Comunicação estará disponível para ajudar as cooperativas a usarem esta data para demonstrar a importância de tomar medidas para combater as mudanças climáticas.

Como no ano passado, juntamente com a DotCoop, está sendo lançado o mapa interativo do Dia Internacional da Cooperativa de 2020 para ilustrar como as cooperativas em todo o mundo estão tomando medidas para combater as mudanças climáticas e celebrar seus sucessos. No ano passado, foram registrados mais de 130 eventos em cerca de 40 países. A ACI recomenda às entidades cooperativistas que promovam a #CoopsDay e # Coops4ClimateAction em todos os seus canais de mídia social.

Exemplo
O cooperativismo, de fato, tem juntado forças para o enfrentamento das mudanças climáticas. Um grande exemplo vem da Colômbia, onde, há 10 anos, um grupo de cooperativas se juntou para criar uma iniciativa de compensação de carbono. Chamado ECoop Responsabilidade Cooperativa, o projeto permite que as 55 cooperativas apoiadoras compensem toda sua emissão de carbono no meio ambiente.

O projeto plantou 2 milhões de árvores em regiões de pós-conflito armado no país vizinho. O resultado foi impactante: 280 mil toneladas de carbono retiradas do meio ambiente todo ano. Além de compensar as emissões da cooperativa, o projeto comercializa as quotas de carbono e produz madeira certificada, que serve como subsídio para as cooperativas participantes.

No total, a iniciativa conserva mil hectares de vegetação natural. As plantações são também utilizadas para a produção apícola, conservando a população de abelhas. Os campos de plantação permitem também sombra para a criação de gado, melhorando o desempenho das produções de leite e carne das cooperativas associadas ao projeto.

Dia C
Já no Brasil, segundo dados da Gerência de Desenvolvimento Social de Cooperativas do Sescoop, existem 36 projetos cadastrados no Movimento Dia C com impacto direto ao ODS 13. Essas atividades, que têm como objetivo ações contra as mudanças climáticas, estão espalhadas por cinco estados do país, sendo que 15 delas são contínuas e duradouras.

Um exemplo vem do Mato Grosso, onde a Unimed Cuiabá desenvolve há 10 anos um projeto de compensação de carbono. A cooperativa, com seus mais de 1.300 cooperados e 230 mil clientes, está engajada na preservação do meio ambiente e desenvolveu, em parceria com o Instituto Ação Verde, o projeto Neutralização de Carbono.

O projeto permitiu a compensação de todas as emissões geradas pela cooperativa entre os anos de 2010 e 2018, por meio do reflorestamento de áreas danificadas às margens do Rio Cuiabá. Somente no ano de 2018, as emissões compensadas chegaram a 890 toneladas de carbono, fazendo com que a cooperativa obtivesse o título de Carbono Neutro, dando um grande exemplo do 7º princípio cooperativista: o Interesse pela Comunidade.

Por que esse tema?
O tema do Dia Internacional das Cooperativas de 2020 foi escolhido para apoiar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 13 sobre Ação Climática. Este evento terá como foco a contribuição das cooperativas para combater as alterações climáticas, um dos mais sérios desafios da humanidade em nosso planeta durante o século 21. As mudanças climáticas afetam severamente os meios de vida das pessoas em todo o mundo, especialmente os grupos mais desfavorecidos, como pequenos agricultores, mulheres, jovens, povos indígenas e minorias étnicas, que precisam lidar com desastres naturais extremos e degradação dos recursos naturais.

O movimento cooperativo pode usar essa importante oportunidade para se posicionar como ator global de mudança e colaborar com seus parceiros na comunidade internacional. Esse esforço coletivo pode impactar significativamente a agenda climática e alcançar uma transição verde e justa para todas as comunidades, sem deixar ninguém para trás.

Sobre o Dia Internacional das Cooperativas
O Dia Internacional das Cooperativas é comemorado anualmente no primeiro sábado de julho. O objetivo desta celebração é aumentar a conscientização sobre as cooperativas, destacar as metas e objetivos complementares das Nações Unidas e do movimento internacional de cooperativas, destacar as contribuições do movimento para a resolução dos principais problemas abordados pelas Nações Unidas e fortalecer e estender parcerias entre o movimento cooperativo internacional e outros atores.

Em 1992, após um esforço conjunto de lobby dos membros cooperativos da ACI e do Comitê para a Promoção e o Avanço das Cooperativas (Copac) , a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou o primeiro sábado de julho de 1995 como o Dia Internacional das Cooperativas, marcando o centenário do estabelecimento da Aliança, pela resolução 47/90, de 16 de dezembro de 1992.

Desde 1995, a ACI e as Nações Unidas definem o tema da celebração do Dia Internacional por meio da Copac, uma parceria de várias partes interessadas de instituições públicas e privadas globais, sendo a ACI um membro fundador, que defende e apoia as pessoas e empresas cooperativas autossustentáveis.

Fonte: OCB, ACI e mundocoop.com.br