Acesse sua Conta

Cooperativas agrícolas europeias contemplam todas as ODS da ONU

Cooperativas agrícolas - MundoCoop - 400x300

Desde o início da sua existência, as cooperativas agrícolas têm perseguido o objetivo de sustentabilidade social, econômica e ambiental

Em comemoração ao Dia Internacional das Cooperativas, as cooperativas agrícolas europeias lançaram uma nova plataforma e campanha chamada #17Reasons2Coop para destacar a sua contribuição com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Com quase 100 histórias de sucesso de toda a Europa, a plataforma lançada pela Confederação das Cooperativas Europeias (Cogeca) também dá oportunidade a todas as cooperativas agrícolas interessadas em mostrar a sua contribuição positiva no momento em que o novo ciclo político começa em Bruxelas.

Lamentavelmente, o papel das cooperativas agrícolas não é frequentemente valorizado no contexto dos debates sobre o futuro e a sustentabilidade da cadeia agroalimentar europeia. Acreditamos que uma maior compreensão de seu papel e valor precisa ser fomentada. Neste contexto, a campanha #17Reasons2Coop visa promover as cooperativas agroalimentares e florestais como uma ferramenta crítica para a concepção da agricultura de amanhã.

Desde o início da sua existência e em cada fase do seu crescimento, respondendo às necessidades dos agricultores, as cooperativas agrícolas têm perseguido o objetivo de sustentabilidade social, econômica e ambiental. A sustentabilidade é um dos principais impulsionadores de seu desenvolvimento estratégico de longo prazo. Os exemplos apresentados na campanha mostram claramente como as cooperativas agrícolas em toda a Europa suprem as necessidades dos agricultores e da sociedade, e geram valor específico em termos políticos, que podem corresponder às prioridades políticas específicas das autoridades públicas e das autoridades políticas da União Europeia.

Nessa ocasião, o presidente da Cogeca, Thomas Magnusson, sublinhou: “nos últimos anos, notei nos meus diferentes intercâmbios com as partes interessadas da União Europeia que os exemplos são melhores do que os longos discursos. Em um momento de agressão permanente, é hora de mostrar que nossas áreas rurais são criativas e resilientes e isso graças às cooperativas agrícolas. Beneficiamos os nossos agricultores-proprietários, defendemos os nossos trabalhadores, trabalhamos para compreender e satisfazer os nossos clientes, consumidores e a sociedade. Inovamos, investimos e trabalhamos em projetos sustentáveis ​​de longo prazo”, afirmou.

As iniciativas foram bem recebidas pelo Comissário da Agricultura da União Europeia, Phil Hogan, que caracterizou as cooperativas agrícolas como “empresas de sucesso que unem os agricultores em torno de objetivos econômicos, sociais e ambientais comuns. Eles apoiam nossos agricultores na melhoria de sua produção e posição na cadeia de fornecimento de alimentos, garantindo rendimentos justos e investimentos de longo prazo”.

O membro da Comissão de Agricultura reeleito, deputado Paolo de Castro, salientou que “é essencial reconhecer o papel das cooperativas agrícolas que garantem rendimentos aos nossos agricultores, sendo protagonistas no apoio à realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”.

Fonte: Imprensa Copa-Cogeca com tradução e adaptação da revista MundoCoop.