Acesse sua Conta

Governança

A Governança Cooperativa pode contribuir para a construção de um sólido e adequado ambiente de gestão, que considere as especificidades das cooperativas de crédito na realidade econômica e no sistema financeiro. Seu objetivo é, então, disseminar as diretrizes para as boas práticas em cooperativas de crédito no Brasil.

A expectativa é que a solidez e a eficiência do sistema financeiro, de forma geral, e a do segmento de cooperativas de crédito, particularmente, passem por uma boa governança. Um adequado sistema de governança pode viabilizar o crescimento sustentado do segmento de cooperativas de crédito no Brasil, o que irá contribuir para garantir tanto sua solidez quanto a de todo o Sistema Financeiro Nacional (SFN), que é a missão do Banco Central. Ressalta-se que quanto melhor a governança dessas instituições, mais efetivo torna-se seu monitoramento pelo Banco Central.

A Governança Corporativa busca adequar os processos de regulação e de fiscalização do sistema financeiro aos melhores padrões e práticas adotados internacionalmente, uma vez que as boas práticas de governança são recomendadas pelos organismos internacionais e amplamente difundidas em instituições financeiras. As cooperativas de crédito, que estão sob a égide do Banco Central, portanto, devem estar em sintonia com as melhores práticas de governança.

Por fim, espera-se contribuir através da Governança com o fortalecimento de crédito, o que favorece o crescimento sustentado do segmento no Brasil.

 

Planejamento Estratégico

Este é um momento onde as ideias são unificadas para a construção de uma excelente gestão. São inovações que visam o aprimoramento dos processos, dos indicadores, dos controles e das tomada de decisões.

O Planejamento Estratégico busca estabelecer um caminho para alcançar os objetivos da organização. É um instrumento de aprendizado que materializa a visão de futuro, aumentando a previsibilidade, minimizando riscos, e, ao mesmo tempo, aproveitando oportunidades. A partir dele, é possível traçar um norte para se obter diferenciação no mercado e vantagem competitiva garantindo a sustentabilidade dos negócios.

Para planejar, é preciso estabelecer metas e transformá-las em projetos a serem executados, sempre objetivando o cumprimento da missão e visão. Cada projeto deve ter definidas todas as suas atividades, seus executores, o cronograma de execução e uma previsão ou fixação das despesas totais, compatíveis com o orçamento definido para o alcance da meta estabelecida cujo projeto faz parte.

Os associados também podem participar do Planejamento Estratégico, basta enviar sugestões ao e-mail comunicacao@transcredi.com.br