Acesse sua Conta

Sicoob lança linha de financiamento para cafeicultores

Plantação de Café

Em 2018, o Sicoob foi responsável por financiar 10% da área total de café

Campinas (SP) sedia nos dias 10 e 11 de julho, o 2º Fórum Mundial de Produtores de Café. O evento conta com o patrocínio do Sicoob, maior instituição financeira de cooperativas de crédito do país, que anunciará mais um produto do seu leque de financiamento para cafeicultores.

O novo produto do Sicoob possibilita ao produtor a obtenção de recursos financeiros para seu empreendimento, de acordo com o preço do café negociado na B3 (Bolsa de Valores). Trata-se da Cédula de Produto Rural – Preço Equivalência Produto (CPR-PEP), que representa um compromisso financeiro lastreado na equivalência de preço da cotação de contrato futuro de café.

Com a CPR-PEP, o cafeicultor cooperado do Sicoob pode pagar suas despesas de custeio e comercialização através da antecipação de cotações do mercado futuro, além da possibilidade de se beneficiar com as oscilações no mercado futuro e físico, pois o valor de liquidação da sua operação se dará de acordo com a cotação do contrato futuro na B3.

Além do financiamento referenciado em cotação futura, a CPR-PEP agrega valor ao processo de tomada de decisão do cafeicultor, possibilitando ampliar as estratégias da sua gestão financeira e comercial. Essa combinação de instrumentos de mercado, à vista e futuro, contribui de forma positiva para uma trajetória crescente dos resultados ao longo do tempo.

Em 2018, o Sicoob foi responsável por financiar 10% da área total de café. Como maior repassador de recursos do Funcafé – absorvendo mais de R$ 847 milhões – o Sistema financia em média 210 mil hectares por safra, ou seja, mais de R$ 1,5 bilhão de recursos a cada período destinados para a produção de café e outros financiamentos para mais de 20 mil produtores atendidos.

Linhas de financiamento do Sicoob

Anualmente o Funcafé disponibiliza mais de R$ 5 bilhões para o fomento da Economia Cafeeira no Brasil. Por meio desse recurso, produtores de café cooperados do Sicoob podem contar com diferentes linhas de financiamento como:

Custeio – Recurso destinado para tratos culturais, colheita das lavouras, incluindo as despesas com a aquisição de insumos, mão de obra, operações com máquinas e equipamentos, arruação, transporte para o terreiro e secagem.

Estocagem – Visa proporcionar recursos financeiros aos beneficiários para o armazenamento e a conservação de seu produto, de modo a possibilitar venda futura em melhores condições de mercado.

Financiamento para Aquisição de Café (FAC) – Recurso destinado para aquisição de café verde, diretamente de produtores rurais ou de suas cooperativas ou indiretamente de produtores rurais, por preço não inferior ao preço mínimo.

Financiamento de Capital de Giro para Indústrias de Café Solúvel e de Torrefação de Café – Linha para capital de giro.

O Sicoob atende desde cafeicultores familiares até grandes cafeicultores e indústrias de beneficiamento em todas as finalidades (custeio, comercialização, investimento e industrialização).

Sobre o Fórum

O Fórum Mundial de Produtores de Café é um ambiente de discussão com agenda preparada pelos cafeicultores com o objetivo de buscar os caminhos mais sustentáveis para a atividade cafeeira global. Na edição 2019 do evento, o Brasil e os demais países produtores seguirão com o propósito de abordar e solucionar cenários que comprometam a oferta futura de café e convidam todos os elos da cadeia produtiva para participarem com o intuito de atuarem de maneira conjunta e corresponsável.

Fonte: Sicoob Confederação – Assessoria de Imprensa.